Facebook Promete Derrotar Netflix e YouTube

Facebook Watch, a plataforma de vídeos grátis que pode lhe dar vários motivos para cancelar a sua assinatura Netflix. Com conteúdo livre, criativo e interativo, Facebook promete desbancar líderes da internet como YouTube e Netflix e demais serviços de vídeos. Até mesmo a TV aberta está correndo perigo de se tornar rapidamente obsoleta.

O Facebook Watch é uma plataforma que foi projetada para versões móveis (mobile) e de desktop do aplicativo e destina-se a ajudar o público a descobrir novos shows, organizados sob uma Watchlist que garante que todos os seus programas favoritos estejam disponíveis facilmente.

A notícia foi divulgada pelo diretor de produto do Facebook, Daniel Danker. Segundo ele, a ideia nasceu após a empresa perceber que os usuários gostam de entrar no Facebook e descobrir vídeos ao acaso no feed de notícias, mas que também desejam um espaço restrito ao formato audiovisual e que atenda aos seus interesses e gostos pessoais.

Agora queremos tornar mais fácil o ato de acompanhar os programas que as pessoas amam — disse Danker.

Daniel Danker também explicou como o Facebook Watch oferece sugestões personalizadas aos usuários:

… você encontrará seções como “Mais comentados”, o que mostra os programas dos quais as pessoas mais estão falando,” O que está fazendo as pessoas rirem”, que inclui programas onde muitas pessoas usaram a reação “Haha” e “O que meus amigos estão assistindo”, que ajuda você a se conectar com os seus amigos sobre programas e séries que eles também estão seguindo “.

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg reforça o conceito do Facebook Watch ao declarar que o Watch será um “lugar em que você pode descobrir programas que seus amigos estão assistindo e seguir seus criadores e atrações favoritas”.

De acordo com ele, a ferramenta oferecerá uma grande variedade de programas, desde reality shows até comédias e esportes ao vivo — alguns feitos por profissionais e outros por amadores, usuários e membros da comunidade do Facebook.

Obviamente, chamamos atenção para o fato de que, com isso, o Facebook dará a chance para que muitas pessoas possam sair do anonimato para atingirem um sucesso instantâneo como o YouTube proporcionou a pessoas como Kéfera, Whindersson Nunes, felipe Neto, Justin Bieber e muitos outros.

Quem sabe você não será o próximo a fazer sucesso com vídeos na internet?

Josh Constine da TechCrunch revelou detalhes básicos sobre o modelo de compartilhamento de receitas que o Facebook desenvolveu, destacando que talvez esse modelo possa ser aperfeiçoado no futuro.

De acordo com Josh, o Facebook manterá 45% da receita gerada enquanto o criador obtém uma participação de 5% por seu conteúdo.

Outro diferencial do Facebook Watch é o fato de que os grupos do Facebook podem ser vinculados ao episódio de um programas onde os fãs podem se juntar à comunidade e discutir seus pensamentos e opiniões com telespectadores com idéias semelhantes.

O Facebook não está colocando todos os seus ovos no criador de conteúdo, já que eles também admitiram financiar alguns programas que Daniel Danker divulgou na publicação oficial do blog: “Nós pensamos que a Watch será o lar de uma ampla gama de shows, da realidade à comédia para esportes ao vivo. Para ajudar a inspirar criadores e semear o ecossistema, também financiamos alguns programas que são exemplos de séries de vídeos orientadas para a comunidade e episódicas “.

Acredita-se que o Facebook assinou acordos com uma série de criadores de conteúdo de notícias e entretenimento focados na juventude, incluindo Vox Media e BuzzFeed. Com o objetivo de atingir rapidamente o sucesso, a maior Rede Social do planeta inclusive já assinou contrato com uma série de parceiros de conteúdo que o ajudarão a concorrer com a Netflix e Amazon Prime no quesito de séries e produções originais.

O Grupo Nine Media e a ATTN também assinaram com a rede social onipresente e a cada dia mais poderosa de Mark Zuckerberg.

Mark Zuckerberg compartilhou a notícia através de sua conta pessoal e escreveu: “Nós acreditamos que é possível repensar muitas experiências através da lente da construção da comunidade – incluindo a exibição de vídeo. Ver um programa não precisa ser passivo. Pode ser uma chance de compartilhar uma experiência e reunir as pessoas que se preocupam com as mesmas coisas “.

Era amplamente conhecido como o Facebook estava planejando atrair criadores de conteúdo para sua plataforma e também estava buscando desenvolver um modelo efetivo de monetização para trazer conteúdo de vídeo original. Mark Zuckerberg deixou bem claro que ele acha que o vídeo é o futuro do Facebook e Watch é um passo bastante importante para esse futuro.

O Facebook já está registrando 8 milhões de visualizações de vídeo por dia, embora não haja conteúdo de vídeo original e não tenha gerado dinheiro para o Facebook ou para os criadores de conteúdo.

Se você leu esse artigo e está se sentindo animado para usar logo o Facebook Watch, saiba que terá que esperar mais um pouquinho, já que o Facebook optou por um lançamento mais lento, começando com usuários selecionados nos Estados Unidos da América.

E aí? Animado para conhecer a nova plataforma de vídeos do facebook? Será que é o início da derrocada de serviços como o Netflix e o YouTube ou a competição fará apenas que as empresas ofereçam um serviço ainda melhor com o aumento da concorrência? Está pronto para assistir de camarote o “circo pegar fogo” e o melhor de tudo, grátis?

Responder